você está em www.ovizinho.com.br

Jornal O Vizinho - Ano X – Nº 435 - 04/2002
Região 7 - Itaum, Guanabara, Petrópolis e João Costa
Tiragem da edição impressa:  10.000 exemplares

Nesta edição:
Arte protesta contra discriminação

Cleomir Waiczyk (Clif)

Planeta Lixo
ENQUETE:
Que atitudes você toma para poluir menos?

Serviço

[Editorial] [Anuncie Aqui]

  Ao pé da letra, Hip Hop quer dizer balançar o quadril. Nascido na Jamaica, consolidou-se como movimento de protesto contra a discriminação racial, nos Estados Unidos, nos guetos e subúrbios americanos. No Brasil, o Hip Hop protesta a exclusão social e econômica de negros e brancos. Em Joinville, o movimento se populariza em “oficinas” que ensinam as bases artísticas na Escola Estadual Gertrudes Benta Costa, bairro Petrópolis.
Um dos pioneiros do Hip Hop em Joinville, Marlon Moraes foi o articulador das oficinas compostas de aulas de canto (rap), dança (break), pintura (grafite) e DJ (pronuncia-se djidjêi), ministradas por expoentes como Fabene, Martelo, Bruno e Cleomir Waiczyk (Clif), respectivamente. 
[Detalhes...]


Este sítio: www.ovizinho.com.br
[Topo da Página] [Principal] [Busca Interna]  
[Anuncie Aqui] [Contato] [Informações e Negócios]
© 2000. Jornal
O Vizinho® / Bureau de Comunicação e Eventos Ltda. Vide notas.

Melhor visualizado em IE5, com vídeo true color, 800x600.

Fim da Página